A Zona LAMM – Laboratório de Artes Musicais para Mulheres é uma proposta de residência artística que convida à interação artistas de países latino-americanos com trabalhos e pesquisas em diferentes universos da música desses países e da produção de música feita por mulheres.

Para a composição da primeira edição, que acontecerá no Brasil, em Belo Horizonte/Minas Gerais, foi feita uma convocatória, dividida em 2 etapas: uma aberta a musicistas de países fronteiriços com o Brasil e que compõem o Programa de Fomento das Músicas Ibero-americanas – Ibermúsicas, e uma para artistas que vivem em Belo Horizonte e Região Metropolitana.

O processo de curadoria buscou compreender um pouco da diversidade da música produzida por mulheres na América Latina, desde as músicas tradicionais, especialmente as de matrizes africanas e indígenas, até a música eletrônica experimental.

A dinâmica da residência buscará possibilitar investigações e trocas de referências estéticas entre as musicistas, realizar laboratórios musicais e experimentos com outras linguagens além da música, e criar um material inédito que combine a vivência e os diferentes universos musicais trabalhados nas trajetórias das artistas. Como resultado do trabalho, será produzida uma gravação musical, um vídeo documentário do processo e um vídeo clipe.

Para além do processo de criação, serão realizadas oficinas abertas que buscam o aprimoramento profissional de musicistas e a vivência musical de mulheres interessadas em conhecer universos das músicas latino-americanas.

Rodas de conversa buscarão aproximar as vivências da Zona LAMM e as artistas de Belo Horizonte e região metropolitana, a partir do diálogo sobre gênero e produção/mercado musical.

Serão três semanas de trabalho, entre os dias 23 de outubro e 12 de novembro de 2016. Para acompanhar: zonalamm.wordpress.comfacebook.com/zonalamm.

// O projeto é realizado pela parceria entre a Embaixada Cultural e a Oficina de Imagens, com apoio do fundo Ibermúsicas, através da convocatória de 2015.